Confiar

Persistência. Estrutura. Vigilância. Intenção. Abertura. Renascimento.
Fazer acontecer. Tanta coisa. E é tudo para já!

E depois vem o tempo pedir-te calma. Dizer-te que ainda não é o tempo. Mas acima de tudo dizer-te também. Persiste. Continua na tua disciplina. Acalma a tua impaciência e aceita o tempo que o tempo te dá. Prepara-te, faz a tua parte para que quando a hora chegue estejas preparada para o novo início.

Quando sentes que o caminho é por ali só podes continuar e render-te à tua vontade. Contudo, quando não acontece no tempo que tinhas previsto não é sinal que o caminho esteja errado, apenas que tens de fazer outros trilhos para lá chegares.

Aceitar o que está a ser mostrado e procurar novas estratégias para que a tua vontade possa encontrar espaço e forma para se manifestar. Abre-te ao caminho e caminha. A espera serve também para reafirmares a tua vontade, a tua fé e o acreditar.

Diz-te também que precisas de fazer mais trabalho para que estejas mais preparada. O desânimo e o desistir é o caminho mais fácil. Olha não resultou. Boa! Não tinha de ser, vou seguir outro caminho.

Nem sempre é assim. Muitas vezes os testes servem para firmares o teu querer, olhares para ti, confirmares o teu valor e reforçar o Acreditar. Aquela fé que te diz ao ouvido, confia que vai acontecer, rende-te.

 

 

 

Agenda – I Grupo Colher com início a 6 de abril

Ainda te podes inscrever. Envia e-mail para: clai.colher@gmail.com

 

Proposta:

Através da estrutura do coaching vais trabalhar os teus sonhos pô-los em ação, caminhando para obteres os resultados que queres. Vamos recorrer às artes como ferramentas (dança, música, expressão dramática, escrita, pintura), meditação. Vais sentir-te apoiad@, desafiad@ para descobrires a melhor versão de ti própri@.

Continuar a ler Agenda – I Grupo Colher com início a 6 de abril

Dia 1 de abril

Dia 1 de abril… Início do mês, é uma boa altura para iniciar novos projetos. Fica o desafio da Colher.
Dia das mentiras. Fica a dica: Quais as mentiras que dizes a ti mesm@ e que sabotam os teus sonhos? Algumas sabotagens que praticamos connosco: “agora não tenho tempo”, “não tenho o dinheiro suficiente para”, “os recursos que preciso não estão ao meu alcance”.

Continuar a ler Dia 1 de abril