A Profissão: Bailarina Có(s)mica :)

A vida é cíclica já diz a natureza com a dança que nos apresenta. Ainda que os ciclos se repitam nada se repete. E é preciso deixar ir, para que o novo emerja.

Ontem morreu em pleno cumprimento de funções a varinha mágica.

Paz ao seu espírito por se ter cumprido.

Hoje entra ao serviço uma nova varinha mágica, diz que é Bosch e clever mixx. Bem-vinda!

(há que lhe chame Marte em Carneiro) Onde é que eu ia….

Upgrade da varinha mágica! Isso!São tantas as cartas de tarot, os arquétipos contidos em cada imagem da tela, que basta apenas ficar a observar os downloads que estão à disposição.Dizia eu…. quando era criança que quando crescesse queria ser bailarina, advogada e professora

No sentido literal não fui nenhuma dessas profissões. Contudo, fui todas elas em diversos contextos. Em separado, em simultâneo e de tantas maneiras.A morte da varinha mágica veio simbolizar um fim de ciclo. E não há princípio nem fim…. como dizia um namorado lá de bem atrás “Estamos sempre a já ter sido”. Cabem tantos significados nesta frase que nem vale a pena perder o tempo a definir. Então ela, que é de Ação, 1° faz e depois acomoda… coisas de Fogo.

Começara na quinta-feira dia 25 de junho a nova Profissão, mas ainda não sabia. Na 2ª sessão alguma claridade começava a emergir

mas isso é só agora… que no momento seguinte já ganhou certamente outra Forma.Txa txa ra ram… BAILARINA CÓ(s)MICA

Digam lá que não tem cenário?!

Vem dançar comigo!

Como é que funciona a coisa na prática, na linguagem mais comum para que não fiques a pensar que te estás a preparar para alguma concurso para seres famoso, com a carteira cheia de dinheiro e como atrair a mulher/ homem dos teus sonhos…

(what?) Para esse tipo de estrela tens a Endemol, Tvi, SIC e tantos outros canais…Aqui o canal é outro e a Dança? És TU o CONdutor. És tu que defines o teu ritmo, temas e questões… afinal a vida é Tua para que a vivas pelos teus próprios pés.

É mais ou menos o trabalho do coach que te acompanha, desafia e auxilia a alcançar os teus objetivos e sonhos… só que não

Sabe lá a tua mente pequena querer alguma coisa a não ser atrapalhar?! Então sim… atravessemos esses véus bailando das infinitas maneiras que o Dançar possa conter… não é importante definir o significado da Dança. Apenas dançar, fluir, soltar no movimento contínuo de receber e soltar.Já te deixei confuso/a o suficiente? Ótimo!

Reunir as partes para que te compactes em ti e fiques em casa, estando em qualquer lugar e possas brilhar na tua autenticidade.

Sessões presenciais ou online, 1h15 em Faro, no Ponto!

Mais info / marcação de sessão: Clai.colher@gmail.com / t. 962 513 852